terça-feira, 11 de junho de 2013

A mui nobre arte da "Pesca ao Dinossauro"

Em dia feriado, 10 de Junho e que melhor maneira de comemorar do que na água, à pesca...
O marinheiro pescador que me acompanhou na comemoração foi o meu amigo Nuno Ribeiro

O objectivo estava bem definido "AS BURRAS"
...e o desejado trofeu
Armados até aos dentes com "Chumbo Grosso", porque ninguem vai aos javalis com cartuchos de ir aos tordos, lá fomos até ao "Mar dos Monstros" (como diz um amigo meu) para a
mui nobre arte da "Pesca ao Dinossauro".
 
Avisei o Nuno (pescador experimentado e afamado noutras artes da pescaria, mas "rookie" nestas lides jurássicas), que assim que chagassemos ao pesqueiro, se elas estivessem lá, era festa rija ao primeiro lance.
Não sei se acreditou ou não, mas quando chegamos ao "mel", eu disse, podes lançar para ali, e lançamos os dois para a mesma zona.
Não tardaram 30 segundos para que o Nuno estivesse agarrado à cana com as duas mãos e o carreto a gritar enquanto a linha saia a alta velocidade.
Com calma e descontracção lá embarcamos o bixo que pesou quase 14 kilos.
Com a alegria estampada no rosto, qual criança que abre os presentes de Natal, o Nuno deu-me um abraço festejando aquele peixe que estabeleceu o seu record pessoal.
...e foi mesmo no primeiro lance do dia!
 
Mais umas passagens, um ou outro toque sem ferrar, até que... olho para a sonda... e vejo uma risca preta, enorme, muito grossa, junto ao fundo e pensei:
"estranho... estou farto de passar aqui e nunca tinha visto aqui esta estrutura... "
A marca era tão grande que a sonda nem a identificou como peixe!
 
Segundos depois, a amostra presa... puxei e algo muito pesado estava do outro lado, mas só peso, que subia lentamente à medida que eu puxava pela cana.
Pensei: "é lixo!"
Mas de repente... um pequeno puxão...
Dei uma estocada "seca" para cravar o anzol e foi aí que começou o arraial.
Cana vergada e grandes arrancadas, faziam os braços arder à medida que o tempo passava, mas aos poucos lá foi cedendo, até que se deitou de lado e se deixou ver.
 Ainda arrancou outra vez para o fundo mas já com menos energia até que se entregou, esgotada.
Grip na beiça e vira para dentro do barco.
Já estava, quase 30 kg de corvina.
...o "tal" trofeu que me andava a escapar há muito tempo
Um verdadeiro DINOSSAURO!
 
 
Uma marca que pulverizou o anterior record e estabelece uma marca já mais difícil de bater.
A festa a bordo foi grande e o espaço para por os pés dentro do barco diminuiu substancialmente.

Não há muito mais para contar, senão que ambos batemos os nossos records pessoais e voltamos para casa de peito cheio e com um enorme problema de logística:
Onde guardar a pesca???

Ficam as restantes fotos...
 
 
 
 
 
 
Até à proxima!...

12 comentários:

  1. Nunca mais vou esquecer este dia....memorável.

    Dica aos rookies...antes de embarcar convém sujar os pés de lodo...cuidado com os vidros...se passarem o teste sem ir parar ao hospital para levar pontos é pesca grossa garantida...não é assim Malakyas?? ;)

    Um dia que apesar de começar atrasado deu para tudo ;)

    God Bless the Xôc

    Abraço
    Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem quer peixe, molha o cu! ...ou em alternativa, caga os pés! ;)

      Eliminar
  2. PS:

    "Avisei o Nuno (pescador experimentado e afamado noutras artes da pescaria..."

    Epá...agora não me cabe um palito....;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que sabes? experimentaste?? AHAHAHAHAHA

      Eliminar
  3. Parabéns aos dois por extraódinárias capturas,lindos peixes,agora é como dizes companheiro,subir a parada não vai ser fácil,isso é mesmo um "dinossauro",grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vai ser fácil, mas há que tentar. elas andam lá maiores!

      Eliminar
  4. Parabéns aos "caçadores de Dinossauros", a persistência dá sempre os seus frutos...

    ResponderEliminar
  5. Boas Malakyas..:-) Parabéns aos dois pelo dia memoravél que tiveram e se deus quiser hà-de voltar haver outro dia desses ou melhor..:-)

    Um abraço e muita saúde

    Luís Malabar

    ResponderEliminar
  6. Muitos parabéns Malakyas! Grandes dinossauros sim senhor!
    Abração!

    ResponderEliminar
  7. Estão os 2 de parabéns, que grandes peixossauros, magnifico, pura adrenalina até exaustão. ou do peixe ou do pescador.
    Um grande abraço e continuação de grandes fainas

    ResponderEliminar