sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Vamos às Migas



Está quase aí mais uma edição da Mora Pesca

Há quem diga que lá vai ver material de pesca, e tal...

Para mim é só uma desculpa para ir comer umas migas de espargos com entrecosto

;)


Até lá!!

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Não à mortandade nas águas interiores




Assinem, por favor!

Mesmo quem não for pescador, ajude-nos a manter o nosso desporto, que o governo quer destruir, exterminando as espécies que considera invasoras.

O objectivo é MATAR MUITOS MILHÕES de peixes de várias espécies (como por exemplo: Carpas, Achigãs, Trutas Arco-Iris, etc...), de todas as massas de água do território nacional!

Essas mesmas espécies, são apenas e só (salvo uma ou outra excepção), as únicas que tem algum valor desportivo.

Ajudem esta causa, por favor!


sábado, 5 de novembro de 2016

BAZOOKA - Tubo para transporte de canas LOW COST

Ora cá estou eu de volta com mais uma bricolage.

Desta vez um tubo rígido para transporte de canas, muito útil em viagem, para evitar danos e surpresas desagradáveis.

Para comprar um tubo destes, dos que existem no mercado, facilmente os preços passam dos 100€

Vou então mostrar como com apenas cerca de 20€ e um bocadinho de jeito conseguimos fazer uma BAZOOKA.

O Material:
- um tubo de PVC (neste caso de 110 mm de diâmero)
- uma tampa de enroscar para uma extremidade
- uma junta para acrescentos de tubos
- uma tampa fixa para a outra extremidade
- uma bisnaga de cola para tubos de PVC
- duas peças de fixação em inox
- uma cinta tipo bandoleira, que certamente toda a gente tem por casa, que vem habitualmente com malas, e sacos de desporto, etc...

Nesta foto a junta e a tampa fixa já se encontram coladas

 Marca-se o tubo à medida desejada, com a ajuda de uma folha de papel. Se as pontas da folha estiverem alinhadas, a linha por onde vamos cortar fica sempre direita.



Corta-se e alisa-se a extremidade do tubo

IMPORTANTE
O passo que se segue tem que ser feito nesta fase do processo ou não será possível mais tarde
 

 Marca-se e fura-se o sitio onde vão ficar os pontos de fixação da alça.


 Fixam-se com rebites os pontos de fixação da alça

MUITO IMPORTANTE!! 
Usar pela parte de dentro uma anilha em cada rebite para que o rebite não se passe ou não rache o tubo.

É por este motivo que devemos colocar os pontos de fixação nesta altura, senão será impossível colocar as anilhas nos rebites 
 
 De seguida a exremidade do fundo:




Na extremidade que vai ser o fundo do tubo, cola-se um pouco de um qualquer material que sirva de amortecimento, como esponja, EVA, esferovite, etc... deste lado o material de amortecimento pode ter alguma consistência, já que é onde vão encostar os cabos das canas.
Em seguida colamos esta peça do fundo ao tubo, usando a cola de PVC.

Agora a parte de cima:




Na outra extremidade do tubo, cola-se a rosca onde enroscará a tampa, tampa essa onde já colamos uma espuma mais macia, porque deste  lado ficam as ponteiras das canas que são mais sensíveis.

Agora é só colocar a alça....

... Et Voilá!!!

Está pronta uma BAZOOKA LOW COST




Espero que este "post" possa ajudar alguém a poupar uns trocos

Falta ainda um sistema de fecho de segurança, mas fica para o próximo "post" porque hoje não tinha o material necessário.

Até à próxima...









terça-feira, 1 de novembro de 2016

ROBALOWEEN.

Com o tempo a prometer e uma grade mal digerida de sábado, 
aproveitei a ponte para ir festejar o
 ROBALOWEEN.

Mais uma jornada de trolling "solo", um verdadeiro anti-depressivo natural, em contacto com o mar e a natureza.

A coisa até que não correu mal, e deu para embarcar meia dúzia de escamas, com algumas devoluções, alguns "strikes" falhados e uma amostra perdida porque a linha partiu já perto do barco. 
Seria o maior da jornada??? ..ninguem sabe! 

Fica o relato fotográfico.

O meu amigo sempre imponente, guardando a entrada do Tejo
 Assim que cheguei eles deram sinal






 Cavalgando as ondas do "mar da calha"


A meio da jornada, a coisa já se ia compondo...

 A "selfie" da praxe
 A água paradinha no estofo da maré

O resultado final
a prova dos "9's".. Aprovados!!!!

Até à próxima!!

domingo, 16 de outubro de 2016

Trolling "Solo"

Faz já algum tempo que não publico aqui nada, mas a realidade é que as pescas tem andado tão fraquinhas e quase inexistentes, que nem vale a pena...

Hoje, como o meu parceiro que tinha combinado ir comigo, estava "impróprio para consumo" por ter comido marisco "impróprio para consumo", e uma vez que as previsões do windguru eram boas (coisa rara ultimamente) lá fui eu à última da hora, "a solo", meter as amostras na água.

Umas boas milhas percorridas, alguma gasolina queimada e ao meio da tarde, ainda só tinha embarcado um robalote e libertado uma baila pequena. A coisa estava com má cara e eu já considerava a hipótese de voltar para casa.
Resolvi esperar pela mudança da maré e fui para um "quintalinho" que já me tem dado bastantes alegrias. 
...e hoje não foi excepção.

Os robalos lá marcaram presença e safaram a pesca já para o fim da tarde, com o sol envergonhado, a pôr-se por trás das nuvens.

Já não foi mau, mas pode ser que para a próxima seja melhor. 
Faltaram os cabeçudos XL para compor a coisa. 





Até já...

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Fui Bugiar

Com o verão definitivamente instalado e o vento a dar tréguas, nada melhor que uma pesquinha onde o Tejo se encontra com o imenso Atlântico.

Com a desistência de ultima hora do meu "imedidato" e uma vez que o barco já estava atrelado, não fazia sentido voltar a arrumar tudo e voltar para a cama.
Como tal, fiz-me ao liquido sozinho.

Da pesca pouco há a dizer, mas embora fraca, deu para desgradar.

De diferente foi o facto de o mar se apresentar tão calmo que deu para fazer uma vizitinha ao Bugio ou mais correctamente Forte de São Lourenço do Bugio.

Fica o registo fotográfico do passeio:








A baía de Cascais






Até à proxima!